Publicado em

Conheça diferenças entre drywall e alvenaria e saiba quando usar cada técnica

parede-escritorios-drywall-g

Os processos de construção e reforma da casa estão cada vez mais práticos e econômicos. Além do método tradicional de alvenaria, com tijolos e blocos de concreto, é possível realizar grandes reformas por meio da técnica de gesso acartonado, mais conhecida como drywall

1. Drywall

Reprodução

Reprodução

Esta técnica consiste em construções com placas de gesso que se encaixam por meio de uma estrutura metálica. Além de ser um tipo de obra prática e limpa, pois não utiliza argamassa, areia ou cimento, o drywall confere mais espaço em cômodos menores.

Por possuir uma espessura menor em comparação com os blocos de alvenaria, é uma boa alternativa para compor divisórias internas, promovendo um ganho de aproximadamente 5% de área útil, conferindo mais espaço ao ambiente.

Ao optar pelo método drywall, o especialista adverte sobre a importância da mão de obra especializada, caso contrário, a estrutura da parede pode ser comprometida.
2. Alvenaria

Reprodução

Reprodução

O método de alvenaria é realizado com tijolos ou blocos de concreto assentados com argamassa, recebendo o reboco após a estrutura pronta. Por possuir diversas etapas que demandam tempo de secagem, a técnica de alvenaria é mais demorada e gera uma quantidade de resíduos maior em comparação com as paredes de gesso.

Crédito: Site Bonde