Publicado em

Cortineiro de gesso

img17

Quando você opta por usar uma cortina de trilho, ou uma persiana  pode notar que na parte superior da cortina, onde ela se encaixa no trilho, fica faltando acabamento, não traz um aspecto visual harmonioso. Há algum tempo atrás era bem comum o uso de “caixinhas” de madeira para esconder esta emenda, mas hoje o mais indicado para o acabamento é o cortineiro de gesso, ele pode ser utilizado embutido no teto ou sobreposto.

O forro de gesso pode ter muito mais utilidade do que você imagina. Pensado em conjunto com essa técnica, o cortineiro de gesso é capaz de criar um acabamento perfeito na sua cortina e deixar o ambiente ainda mais bonito.

Esse recurso é muito usado para esconder imperfeições e apresenta três modelos diferentes. Conheça e veja qual deles se encaixa melhor na sua casa.

Embutido

O cortineiro aproveita o gesso já construído e a cortina é instalada entre a parede e o forro (veja na foto). É um modelo mais moderno e pode ser utilizado também em uma sanca aberta. Se for iluminado, fica ainda mais charmoso e aconchegante!

Side view of bedroom interior design with unmade bed and window with curtains and city view. 3D Rendering

Sobreposto

Essa versão utiliza uma moldura de gesso abaixo do forro e, por isso, o cortineiro fica aparente, mas esconde o trilho da cortina e fica lindo! É bom ressaltar que a peça usada para a moldura pode ser lisa ou desenhada. Essa última opção oferece uma elegância a mais ao cortineiro.

O melhor é que esse modelo pode servir também para ambientes sem forro. Basta fixar o cortineiro no teto!

Interior of empty room with window. 3d render.

Iluminado

Se o cortineiro for embutido, você pode optar por incluir também uma iluminação. O mais bacana é que as luzes tiram proveito da cortina, que passa a refletir e distribuir a luz.

Essa iluminação pode ser mais intensa para dar suporte às luzes do ambiente ou mais leve para criar um efeito moderno e acolhedor.

Para lembrar

Antes de começar a construção do seu cortineiro de gesso, atente-se para algumas informações importantes. O ideal é que ele acompanhe o tamanho da janela e da cortina. No caso do modelo embutido, é preciso que o espaço entre o cortineiro e a janela seja de 15 a 20 centímetros, de modo a permitir que uma mão alcance o trilho da cortina na hora da instalação e manutenção.

cortineiro