Publicado em

Drywall

foto-coop2

Dentro de casa, praticamente tudo pode ser criado com drywall. São inúmeros os atributos desta tecnologia de construção, que não usa água na obra.

Quer dividir um ambiente sem perder espaço? Precisa de uma solução para isolar o barulho dos vizinhos, embutir a iluminação no teto sem grandes reformas ou montar uma estante para a TV? Esses configuram apenas alguns exemplos da versatilidade do drywall. Maleável, ele embasa trabalhos arrojados, com recortes, curvas e desníveis. O melhor: seus componentes são recicláveis, e a matéria-prima do gesso (gipsita) não gera descartes tóxicos. Trata-se de uma tecnologia limpa, que apresenta somente 5% de resíduos na obra, contra até 30% dos métodos tradicionais. Além disso, custa menos para transportar, pois é mais leve. Em relação à segurança, possui embasamento na norma técnica NBR 15.758, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), e suas composições se encaixam em todos os níveis da norma chamada Desempenho de Edificações, a NBR 15.575. Ambas asseguram a maneira correta de uso e instalação.

Afinal, o que é drywall?

 

O termo define tanto as chapas com miolo de gesso e face de papel-cartão quanto o sistema, composto dessas placas fixadas em estruturas de aço. Seu trunfo está na possibilidade de criar centenas de formas, com emprego de painéis simples ou duplos, de variadas espessuras. Enchimentos de lã mineral incrementam os isolamentos acústico e térmico. Um profissional indicará a melhor saída para cada caso.

 

1. O que significa cada cor de drywall?

Há três tipos de chapa, que se diferenciam pelo tom da cobertura de papel-cartão. A face branca deve voltar-se sempre para o lado do acabamento:

01-drywall

Verde (RU): com silicone e aditivos fungicidas misturados ao gesso, permite a aplicação em áreas úmidas (banheiro, cozinha e lavanderia).

Rosa (RF): resiste mais ao fogo por causa da presença de fibra de vidro na fórmula. Por isso, vai bem ao redor de lareiras e na bancada do cooktop.

Branco (ST): é a variedade mais básica (Standard), amplamente empregada em forros e paredes de ambientes secos.

2. O que existe no interior de uma parede de drywall?

Saiba o que existe no interior de uma parede retilínea composta de chapas duplas.

02-drywall

Fonte: site casa abril


Para mais informações acesse também nosso site www.elegancyforros.com.br ou ligue para (11) 2595-4700

 

Publicado em

Divisórias e o ambiente corporativo

divisórias e o ambiente corporativo

As Divisórias  no ambiente corporativo, ajudam a otimizar o aproveitamento do espaço e concede maior privacidade ao profissional para realizar suas tarefas. As divisórias podem ser desenvolvidas lado a lado ou frente a frente com separações laterais. Diversos tipos de materiais são utilizados para produzi-las, dependendo do projeto arquitetônico desenvolvido.

ORGANIZAÇÃO DO AMBIENTE

As divisórias ajudam na organização do ambiente pois escondem os cabeamentos despoluindo o ambiente. Além disso ter um ambiente corporativo organizado e bem dividido em ambientes, ajuda os profissionais a se concentrarem melhor em suas tarefas e, em caso de reuniões, contribui para melhor evitar distrações e o melhor atendimento do cliente.

O uso de divisórias transparentes, por exemplo, contribui para outro aspecto importante do ambiente corporativo. Ao mesmo tempo em que proporciona uma necessária divisão de ambientes, não impede a visualização geral da equipe, mantendo um padrão de integração por vezes necessário. Além disso, conferem elegância e dinamismo ao local de trabalho.

As reais necessidades de utilização do espaço devem pautar o projeto arquitetônico corporativo, permitindo que a identidade da empresa – mais formal ou despojada – esteja também traçada nas linhas dos móveis e demais utensílios a serem pensados na arquitetura do ambiente. As divisórias para escritório mostram-se uma opção vantajosa para um ambiente moderno que necessita ao mesmo tempo de praticidade, sem perda do vínculo entre pessoas, essencial nos ambientes de negócios.

A cultura da empresa está ligada, entre outros fatores, com a forma de distribuir a equipe no ambiente corporativo, por isso o escritório ideal sempre terá novas feições para cada corporação, variando de acordo com o tipo de negócio, o mercado no qual ela está inserida, como se desenrolam as atividades diárias e que grau de entrosamento entre os integrantes da equipe são exigidos para o melhor aproveitamento do tempo de trabalho. Ao fim, o uso correto das divisórias para escritório pode estimular a criatividade no desenvolvimento de novos e instigantes projetos.


Gostou do nosso post de hoje?? Deixe seu comentário, ou peça um orçamento de divisória através de nosso formulário de contato abaixo: